Modem Grátis, TIM: passagem gratuita para oferta equivalente sem parcelamento

Quem sou
Pau Monfort
@paumonfort
Autor e referências

Clientes TIM que assinaram contrato de rede fixa que prevê o parcelamento do modem incluso eles podem mudar para uma oferta equivalente gratuitamente e parar de pagar as parcelas. Tal faz parte da comunicação hoje proferida pelo operador telefónico para dar corpo à resolução AGCOM de 31 de dezembro de 2018, posteriormente confirmada pelo Tribunal Administrativo Regional do Lácio. Na prática, é direito do usuário optar por utilizar um modem diferente do fornecido por sua operadora. Abaixo, relatamos as condições da TIM.



“São reconhecidos os clientes que subscreveram, em data anterior a 1 de dezembro de 2018, uma oferta que previa a venda conjunta do modem TIM, e que ainda possuam o parcelamento do respetivo preço de compra à data deste aviso a direito de aderir gratuitamente a oferta comercial equivalente, que não vincule o uso do modem com a cobrança do restante da fatura ”, diz o comunicado oficial. A possibilidade, portanto, é oferecida apenas para contratos assinados antes de dezembro de 2018.

Ao mudar para uma oferta comercial equivalente, o usuário não terá mais que pagar as demais parcelas do modem e não haverá outro aumento de custos. Clientes interessados pode se inscrever até 31 de maio de 2020 através da Área do Cliente do aplicativo MyTIM ou entrando em contato com o Atendimento ao Cliente em 187.

Deve-se observar que a TIM contestou a resolução da AGCOM de forma administrativa. Portanto, em caso de resultado favorável, a operadora reserva-se o direito de solicitar as parcelas do modem devidas e não exigidas aos clientes que aceitaram a oferta comercial equivalente.



P30 Pro, o primeiro com uma câmera periscópio, está disponível para compra na Amazon em menos de 560 euros. .


Adicione um comentário do Modem Grátis, TIM: passagem gratuita para oferta equivalente sem parcelamento
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.